quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Meu índio sapeca


Meu Índio Sapeca

Meu índio sapeca
Me leva no colo,
Te levo na alma
Me canta o rojão
Eu danço o toré
Me pega na mão
Te pego no pé
Me leva pra cama
Te dou cafuné
Me beija na boca
Te abraço com fé
Meu índio sapeca
Me ensina o toré!
Me leva com calma
Pra onde quiser!
Maria Raquel de Oliveira Souza

4 comentários:

  1. Adorei sei blog. Gosto da sua palavra de força e beleza. Como adoro a Xena e tudo o que ela representa em termos de força e beleza, postei aqui. Beijo grande.

    Rubens Lacerda

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Rubens Lacerda, vc foi o primeiro a comentar sobre meu blog. Isso pra mim é uma honra. Te adoro! Um grande beijo e muita gratidão.

    ResponderExcluir
  3. Eu também quero dançar o Toré!!!
    Linda poesia!!! Parabéns!!

    ResponderExcluir

“Gratidão é o vinho para a alma.Vá em frente,embriague-se!”
Rumi

Gratidão!... Gratidão! Namastê!!!