sábado, 2 de agosto de 2014

Nas ondas do Mar


À beira do mar
Um povo a sonhar
Mulheres sofridas
Segredo a guardar

Em noites tranquilas
Em dias rosados
São tantos desejos
Assim desvelados

Cravado na alma
Fundido no tempo
Que venha o amor
Nas ondas, no vento

Parece que as ondas
Que chegam vazias
Com nada se importam
Nem sabem sonhar

A vida transita
Em bares e lares
E segue a rotina
Daqueles lugares

A moça, menina
Espera chegar
Alguém que lhe anima
Nas ondas do mar

De olhos amenos
Com mãos tão suaves
Com boca formosa
E o peito a pulsar

Suspiro entranhado
Abraço estreitado
Um sonho atrevido
Romance no ar...

Em belo instante
Em pleno verão
Que venha a esperança
Nas ondas do mar!...


 Maria Raquel de Oliveira Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Gratidão é o vinho para a alma.Vá em frente,embriague-se!”
Rumi

Gratidão!... Gratidão! Namastê!!!