domingo, 29 de dezembro de 2013

Noite Fria

Noite fria
Numa noite fria você me convenceu
Me falou de amor e me aqueceu
Me deu seu ombro, curou a minha dor
A minha dor

Você me encantou e também foi feliz
E foi pra mim tudo o que eu sempre quis
Amou como ninguém me amou antes assim
Me amou assim

Vou te guardar sempre nas estrelas
Te enviar no vento rosas amarelas
E uma canção de ninar
De saudades sei que vai chorar
Vai chorar

Trouxe o aconchego e contigo doce magia
Tinha no seu abraço tudo que eu mais queria
A noite estava calma e fria quando eu te conheci

Sua voz era linda e a sonhar me convidou
Falou só de coisas boas e nada perguntou,
Quando você me tocou naquela noite fria
Me cativou

Vou te guardar sempre nas estrelas
Te enviar no vento rosas amarelas
E uma canção de ninar
De saudades sei que vai chorar 

Bem que a historia poderia terminar assim
Eu nunca te esqueci nem você de mim
Sei que você ainda pensa em mim...
Pensa em mim?

Vou te guardar sempre nas estrelas
Te enviar no vento rosas amarelas
E uma canção de ninar
De saudades sei que vai chorar

Bem que a historia poderia terminar assim
Eu nunca te esqueci nem você de mim
Sei que você ainda pensa em mim...
Pensa em mim?

Vou te guardar sempre nas estrelas
Te enviar no vento rosas amarelas
E uma canção de ninar


De saudades sei que vai chorar

Autora da letra: Maria Raquel de Oliveira Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Gratidão é o vinho para a alma.Vá em frente,embriague-se!”
Rumi

Gratidão!... Gratidão! Namastê!!!