segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Solidão



Solidão 

A solidão às vezes me incomoda...
Sufoca e faz sangrar!... Apavora!
Amarrota, rasga, embola e joga fora...
Perco meu chão, meus pés... Minha rota...
Logo o instinto me chama e faz viravolta,
Algo maior sempre esteve a me guiar!...
Nas lembranças, vêm amores,
Amigos, sonhos e flores...
E vem também o luar...
Doces e ternas palavras...
Historinhas pra contar!
A magia me acalenta;
A razão a ponderar...
Me dá o pão que alimenta
E o coração a sonhar!... 
Maria Raquel de Oliveira Souza

Nenhum comentário:

Postar um comentário

“Gratidão é o vinho para a alma.Vá em frente,embriague-se!”
Rumi

Gratidão!... Gratidão! Namastê!!!