sexta-feira, 24 de maio de 2013

Santa Sara de Kalí


Santa Sara de Kali


Santa Sara de Khali
Cuida-nos aqui e ali,

Coloca-nos em teu barco

Segura firme teu leme.

Leva-nos ao bom destino
Onde moram nossos sonhos,
Onde rufam os tambores,
Onde estão nossos amores.
Onde ardem as fogueiras,
Dançam meninas faceiras,
Em busca de alegria,
Saúde, paz e harmonia.
Não te esqueças da magia,
Queremos luz todo dia.
Abençoa-nos Santa Sara,
São muitos nossos caminhos
E lugares onde andamos...
Dê-nos sempre proteção,
Guia nosso coração.
Nossa linda princesinha,
Para nós sempre serás
A nossa fada madrinha.
De nossas noites e dias
A nossa eterna rainha!...

Maria Raquel de Oliveira Souza



quinta-feira, 16 de maio de 2013

Desejos!...


Desejos...

Se o céu se abrisse para mim,
Eu me entregaria de corpo e alma
Ao doce afago do tempo e, com calma,
Me desnudaria por inteira! Por prazer!
Voaria entre as palmas e as hortênsias.
Entre os girassóis, as madressilvas e os agapantos,
Ouvindo o arrulho dos pássaros ao entardecer
E o aroma doce e inebriante da minha dama da noite ao escurecer...
Valsaria de pés descalços, delicados, lindos e acanhados,
Na imensidão de um lindo gramado verde.
Exalaria com vigor, o perfume de relva fresca.
Abriria os braços para reverenciar a criação;
O palpitar constante e límpido,
Da energia cósmica e universal.
Cantaria cânticos de glória e de alegria.
Deitaria em lindos colchões macios, de flores perfumadas,
Para em um instante nostálgico, sublime,
Adormecer e sonhar com aqueles belos olhos... 
E com aquela boca molhada...
Que nunca pude beijar!

Maria Raquel de Oliveira Souza

sábado, 11 de maio de 2013

Mãe!...


                                               Mãe!

É a palavra mais linda
E será sempre bem vinda.
Mãe é do tamanho do mundo,
Um sentimento profundo,
Que brota dentro do peito.
Amor igual não tem jeito.

Mãe é cuidado, acalanto,
É aquela que seca o pranto,
Que traz vida e faz viver,
Ilumina o amanhecer.
Mãe traz consigo a calma,
Espalha paz, preenche a alma.

Mãe é abarrotada do Amor,
Não tem casta, não tem cor.
Não tem reino, não tem raça,
Não há nada que o desfaça.
Todas as mães são iguais,
Observe os animais. 

Mãe é um poço de bondade,
Mãe é perfume é saudade.
Mãe é dádiva é presente,
Guardados no coração da gente.
O amor de mãe é sagrado
É o mais sublime legado...

Com que Deus nos agraciou!...

Maria Raquel de Oliveira Souza

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Meu Cigano


Meu Cigano

Se não é esse o momento
De te ver de te encontrar,
Então que me fale agora
Qual a hora de te amar.
Faz tempo que te procuro
Faz tempo que eu te quero;
Você para mim é meu tudo;
Meu amor, suave mistério...
Não há nada que te iguale
Nem que brilhe tanto assim,
Mesmo apesar da distancia
Eu quero você pra mim.
Meu coração é teimoso,
Não desiste, não esquece!
Ele é vermelho... Carmim!
Você é meu doce encanto,
Meu cigano, minha magia
Meu destino, meu céu, enfim!
Acalento um lindo sonho
De você pensar em mim.
Aguardo sua chegada,
Na madrugada calada...
Celebro junto à fogueira
Dançando apaixonada
Rodando saias e leques;
Pandeiros, xales e véus.
Ao sonar das castanholas
Festejo com euforia,
Na tsara da alegria!...
Eu quero te cortejar
Como todas desse clã;
Quem sabe me declarar...
Devagar e com jeitinho,
Com certeza vai gostar.
Embora seja um sonho,
Que não dá nem pra explicar
Eu bem que queria um dia
Te encontrar pra te falar;
Que você nasceu pra mim;
Um anjo; flor de jasmim
E que se você quiser,
Vou te amar até o fim.
Ser pra você um tesouro
E você, meu querubim!... 

Maria Raquel de Oliveira Souza